Sérgio Conceição fez, esta tarde, a antevisão do jogo com o Feyenoord, crucial nas aspirações do FC Porto na Liga Europa. Os 'dragões' estão obrigados a vencer para seguir em frente na prova.

Como analisa o caminho do FC Porto na prova até agora? "Tem sido um trajeto nada fácil na Liga Europa. Tivemos a particularidade de, no último jogo [, trazer a decisão para o Dragão. É um jogo que queremos ganhar, queremos estar nos 16-avos-de-final. O FC Porto merece. Sempre dissemos que era um grupo equilibrado, pelo potencial das equipas. Quem anda no futebol e valoriza o futebol escocês e suíço, percebe a mais valia dessas equipas. Foi uma fase de grupos difícil, esperamos conclui-la da melhor forma e que no final estejamos todos contentes. Disse que o FC Porto era o mais forte, teoricamente mas o que é teórico é teórico. O que conta e a transpiração e inspiração, do que os jogadores vão fazer nos 90 minutos."

Equipas muito fortes na Liga Europa: "Vemos uma Liga Europa fantástica, ontem caíram mais duas equipas [para a Liga Europa], o Inter e o Ajax. É fantástico o FC Porto estar nesta prova, mas queríamos estar na Liga dos Campeões, algo que não foi possível por demérito nosso também. Queremos é seguir em frente, o FC Porto tem de estar sempre em competições europeias."

Feyenoord numa fase positiva: "Não é uma equipa muito diferente [da que ganhou o FC Porto na Holanda] mas tem pormenores na sua dinâmica de jogo, com e sem bola. Vai numa série de sete jogos sem perder, tem o cunho pessoal deste novo treinador, que tem sido feliz até agora, com resultados positivos e sem derrotas. Percebemos isso, analisamos as diferenças em relação a alguns jogadores que dantes não jogavam e agora jogam. Mas estamos preparados para sermos uma equipa diferente para melhor em relação ao último jogo. "
O FC Porto entra na última jornada da Liga Europa a depender apenas de si para chegar aos 16 avos de final. Depois do triunfo (1-2) alcançado sobre o Young Boys, na Suíça, após reviravolta, os dragões subiram ao segundo lugar do grupo G e 'só' precisam de vencer em casa o Feyenoord, esta quinta-feira, para selarem a qualificação.

A quipa de Sérgio Conceição soma sete pontos no grupo G, menos um do que o líder Rangers - com quem tem desvantagem no confronto direto - e os mesmos do Young Boys, formação perante a qual tem vantagem no 'mano a mano'. Em último seguem os holandeses, com cinco pontos, mas ainda com hipóteses.

Ao FC Porto basta vencer na receção ao Feyenoord, mas um empate também poderá servir, se o Young Boys não vencer na visita ao Rangers. Proibido mesmo é perder: nesse caso os 'azuis e brancos' seriam ultrapassados pelos holandeses.

Já para terminar no primeiro lugar do grupo, além do triunfo no Dragão, a equipa portista necessita que os escoceses não vençam os suíços em Glasgow.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.