Com pouco mais de 15 minutos para jogar em Salónica, o Benfica vence o PAOK por 1-0 depois de Lima ter marcado para os encarnados nos primeiros minutos da segunda parte.

Entrou melhor o Benfica no jogo, mais personalizado e com mais posse de bola. A equipa de Jesus apresentou muitas alterações no onze inicial, mas nem por isso perdeu o ritmo e taticamente esteve sempre muito certa, não concedendo grandes veleidades à equipa da casa.

Os gregos conseguiram libertar-se um pouco do domínio dos encarnados à passagem do minutos 15, mas ainda assim Artur teve pouco ou nenhum trabalho nos primeiro 45 minutos.

Já do lado contrário, numa lance depois da meia hora, Enzo Pérez desmarcou Sílvio no flanco direito, o defesa ganhou a um adversário, mas o remate de pé esquerdo saiu muito alto. E foi tudo na primeira parte.

Na entrada da segunda parte, um erro do Benfica na transição para o ataque permitiu a primeira oportunidade de golo ao PAOK. Lazar recuperou a bola com a equipa encarnada já balanceada para o ataque, furou pela esquerda e atirou a rasar o poste de Artur.

Não aproveitou o PAOK e o Benfica foi letal na primeira ocasião de que dispôs: na sequência de um canto, Enzo Pérez centrou, Djuricic amorteceu de peito e Lima recebeu sozinho na área e fuzilou para o 1-0, embora fique a sensação de que estava em posição irregular.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.