O Benfica foi eliminado nos quartos de final da Liga Europa de futebol, ao perder em casa do Eintracht Frankfurt, por 2-0, na segunda mão, depois de ter vencido em casa por 4-2. Kostic, aos 36 minutos, e Rode, aos 67, marcaram os golos do conjunto alemão, que beneficiou dos dois golos marcados no Estádio da Luz, em Lisboa.

No final do jogo, André Almeida falou sobre a derrota dos 'encarnados' em Frankfurt e não deixou de abordar o lance do primeiro golo dos alemães apontado em fora de jogo mas validado pela equipa de arbitragem.

"É normal sentirmos esta revolta. Acho que fomos melhores e fomos mais equipa. O Eintracht também é uma grande equipa, mas esta revolta deve-se porque fizemos o nosso trabalho, mas factores externos condicionaram-nos um pouco", começou por dizer André Almeida à Sport TV.

Questionado sobre o lance do primeiro golo do Eintracht, o lateral direito do Benfica levantou a dúvida porque é que a Liga dos Campeões tem VAR e a Liga Europa, que também é tutelada pela UEFA, não tem.

"Acho estranho não haver VAR na Liga Europa e haver na Liga dos Campeões sendo ambas as competições da UEFA, mas agora é seguir em frente e há jogo na segunda feira. Estávamos a fazer uma exibição segura, houve uma pressão inicial, e até ao momento do golo tinhamos a partida controlada", sentenciou André Almeida.

Nas meias-finais, o Eintracht Frankfurt vai jogar com o Chelsea, que eliminou o Slavia de Praga.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.