Resumo do Jogo

O FC Porto sofreu hoje a primeira derrota no Grupo G da Liga Europa de futebol, ao perder em casa do Feyenoord, por 2-0, em jogo da segunda jornada.

Jens Toornstra (49 minutos) e Rick Karsdorp (80) marcaram os golos dos holandeses, que somaram o primeiro triunfo e passam a somar três pontos, os mesmos de 'dragões', Rangers e Young Boys, que venceu na Escócia, por 2-1.

Em 24 de outubro, o FC Porto recebe o Rangers na terceira jornada do Grupo G, visitando o conjunto escocês em 07 de novembro.

Primeira parte sem golos, com o FC Porto a ter as melhores chances

Logo aos oito minutos, Nakajima poderia ter adiantado os portistas no marcador, com um livre estudado. Alex Telles enganou os jogadores que estavam na barreira holandesa e desmarcou o japonês, que picou por cima do guarda-redes Vermeer, com a bola a sair por cima.

Aos 20 minutos, Nakajima desmarcou Alex Telles e o brasileiro cruzou rasteiro para Zé Luís, que desviou por cima à boca da baliza, numa altura em que os dragões estavam claramente por cima do encontro.

Já perto do intervalo, na conversão de um pontapé de canto marcado por Alex Telles, Pepe desviou de cabeça ao primeiro poste e obrigou Vermeer a uma grande defesa, desviando a bola. Na pequena área, Marcano não conseguiu finalizar.

Segunda parte e o dragão foi ‘banhado’

Na Holanda, o FC Porto contou com o apoio de quase dois mil adeptos nas bancadas do Stadion Feijenoord, também conhecido como De Kuip, banheira em holandês.

Logo no início do segundo tempo, o FC Porto foi apanhado desprevenido e o Feyenoord conseguiu marcar. Larsson isolou-se e rematou para defesa de Marchesín, porém, no seguimento do lance, Pepe e Manafá atrapalharam-se, Larsson cruzou e Toornstra atirou de primeira para o golo dos holandeses.

E se o FC Porto não marcava, o Feyenoord não estava para meias medidas. Aos 80 minutos, Karsdorp recuperou uma bola a meio-campo, perdida por Danilo, e cavalgou até chegar à cara de Marchesín e atirar para o segundo da partida.

Momento da partida

A equipa holandesa entrou a todo gás no segundo tempo e, aos 53 minutos, quase fazia o segundo, valendo a (dupla) intervenção do guarda-redes Marchesín. Berghuis rematou cruzado para a defesa do guardião argentino, que, depois, ainda foi defender a recarga de Toornstra.

Figura do Jogo: Marchesín

No meio de tantos erros cometidos, que deram origem aos golos da formação holandesa, Agustín Marchesín ainda conseguiu evitar uma derrota mais pesada para a equipa portista. O argentino voltou a mostrar-se muito confiante entre os ferros da baliza. E nos golos, pouco ou nada havia a fazer, a culpa estava mais lá à frente.

As contas do Grupo G

Terminada a segunda jornada, todas as equipas têm os mesmos 4 pontos. No outro desafio da ronda, os suíços dos Young Boys venceram os escoceses dos Rangers por 2-1. Em 24 de outubro, o FC Porto recebe o Rangers na terceira jornada do Grupo G, visitando o conjunto escocês em 07 de novembro.

Reações ao jogo

Sérgio Conceição: "Podíamos ficar aqui e ter quatro ou cinco oportunidades, que não fazíamos golo"

Marchesín: "Temos de dar tudo por esta camisola, que é uma honra representá-la"

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.