O FC Porto estreou-se, esta terça-feira, na edição 2012/2013 da Liga dos Campeões com uma vitória sobre o Dínamo de Zagreb por 0-2, somando os três primeiros pontos do Grupo A.
Para este encontro na Croácia, Vítor Pereira apostou em Miguel Lopes para o lado direito da defesa portista, deixando o internacional brasileiro Danilo no banco. Na frente, para colmatar a ausência do Incrível, Varela ganhou a corrida a Atsu.
O FC Porto dominou o primeiro tempo, mostrando claramente ser uma equipa superior à de Tonel, mas a finalização – o mal de muitas formações – demorou em aparecer.
O colombiano Jackson Rodríguez foi o primeiro a deixar um aviso à baliza do Dínamo de Zagreb, mas Tonel impediu o golo ao ponta de lança portista. 
Um minuto depois, aos 41, Lucho González aproveitou uma distração para inaugurar o marcador na capital croata, após cruzamento rasteiro de Alex Sandro.
O FC Porto foi para o intervalo a vencer por 0-1, estabelecendo a justiça no marcador, numa altura em que o PSG vencia por 3-0 o Dínamo de Kiev, próximos adversários da equipa portuguesa.
O segundo tempo começou com um Dínamo de Zagreb mais ameaçador mas Helton evitou o pior. Aos 77 minutos, em esforço, o guardião brasileiro evita mesmo o golo do empate, após cabeceamento de Carrasco.
Aos 78 minutos, Helton lançou Kléber, que entrou para o lugar de Jackson Martínez, nas costas da defesa e este isolado atirou escandalosamente ao lado.

Já em tempo de descontos, o médio belga Defour deu o melhor seguimento ao passe de Atsu, que entrou para o lugar de Varela, e descansou os corações portistas com um bonito golo.

Com o apito final, e depois de uma primeira parte dominada pela equipa de Vítor Pereira e uma segunda com mais sobressaltos, o FC Porto arrecada os primeiros três pontos nesta edição da Liga dos Campeões. 
No outro encontro, no Parque dos Príncipes, em Paris, Miguel Veloso ainda marcou para o Dínamo de Kiev nos instantes finais mas não evitou a derrota por 4-1 diante do PSG.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.