Terminou, esta quarta-feira, os oitavos-de-final da Liga dos Campeões. Portugal irá estar representado nos quartos-de-final pelo FC Porto, a segunda equipa fora dos 'big five' a estar nos oito melhores da Europa. O outro emblema é o Ajax da Holanda.

Os 'dragões' são, por esta altura, o adversário mais desejado nos quartos-de-final. A formação de Conceição foi a única a precisar do prolongamento para seguir em frente, numa eliminatória renhida frente a AS Roma, apenas resolvida por um pontapé de grande penalidade convertida por Alex Telles aos 117 minutos, no Dragão.

O desejo de defrontar os campeões de Portugal é compreensível, tendo em conta que, das oito equipas presentes nos quartos-de-final, o FC Porto é aquele que apresenta menos argumentos, seguindo do Ajax. Depois há Manchester United, Manchester City, Liverpool, Tottenham, Barcelona e Juventus, equipas com outros argumentos financeiros e com jogadores de nomeada.

Nestes oitavos-de-final nem sempre reinou a 'lei do mais forte'. Quatro das oito equipas que terminaram na liderança dos respetivos grupos seguiram em frente: FC Porto, Barcelona, Manchester City, Juventus. As outras quatro tinham sido segundos nos seus grupos: Tottenham, Ajax, Manchester United e Liverpool.

Outro dado curioso: pela primeira vez em 11 anos, os 'quartos' da 'Champions' não terão Real Madrid ou Bayern de Munique. A última vez que isso aconteceu foi na época 2007/08. Os 'merengues' tinham marcado presença entre os oito melhores da prova nas últimas oito edições, enquanto os bávaros sempre estiveram nos quartos-de-final desde 2011/12.

O Bayern Munique também não estará no sorteio, depois de 13 anos consecutivos sempre nos quartos-de-final da prova milionária.

Esta tem sido uma 'Champions' comandada por emblemas ingleses, com Inglaterra a colocar quatro equipas nos quartos-de-final pela terceira vez. Os quatro primeiros da Premier League estão nos quartos-de-final e têm todos argumentos para ganhar a prova. De todos, o Tottenham é o menos experiente mas quem tem Harry Kane, Dele Alli, Christian Eriksen e companhia pode ganhar a qualquer equipa. O Manchester United, uma equipa com muitas estrelas mas também muita juventude e irreverência, parece ter ganho outra alma com o técnico Ole Gunnar Solskjaer. Depois há o poderoso Manchester City de Guardiola e o Liverpool de Klopp, finalista vencido da edição anterior.

A Juventus, guiado por um 'super Ronaldo', é outro dos candidatos a vencer a prova. A 'Vecchia Signora' é a única representante do campeonato italiano, tal como o Barcelona, único emblema espanhol que resta nestes quartos-de-final, depois da eliminação do campeão europeu Real Madrid e do Atlético Madrid, clube que caiu aos pés da 'fúria goleadora' de Cristiano Ronaldo. Nos últimos seis anos, a Espanha teve sempre três representantes entre os oito melhores da Europa.

O Ajax parece ser o adversário mais apetecível para os 'dragões'. É verdade que a equipa holandesa pratica um bom futebol, está recheada de jovens talentos mas, analisando todos os adversários, parecer ser aquele com quem o FC Porto pode discutir uma possível eliminatória.

O sorteio dos quartos-de-final e das meias-finais está marcado para esta sexta-feira, em Nyon, na Suíça. Não há qualquer restrição, pelo que poderá haver embates entre clubes ingleses.

Os jogos da primeira-mão dos quartos-de-final da Liga dos Campeões serão disputados nos dias 9 e 10 de abril, e os da segunda-volta serão jogados nos dias 16 e 17 do mesmo mês. As meias-finais serão nos dias 30 de abril e 1 de maio, com os jogos da segunda-volta na semana seguinte. A final será no sábado, dia 1 de junho, no Wanda Metropolitano, em Madrid.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.