Um golo de Alex Telles, de grande penalidade, no prolongamento permitiu ao FC Porto vencer a Roma, por 3-1, e qualificar-se para os quartos de final da Liga dos Campeões de futebol.

Depois da derrota em Roma, por 2-1, o brasileiro Soares (26 minutos) e o maliano Moussa Marega (52) marcaram os golos dos 'dragões' no tempo regulamentar, com Daniele de Rossi (37) a marcar para os romanos, de grande penalidade.

Com o golo de Alex Telles, aos 117 minutos, o FC Porto regressa aos quartos de final da Liga dos Campeões quatro temporadas depois.

No final do jogo, Sérgio Conceição explicou as alterações que fez na equipa em relação ao 'clássico' com o Benfica para levar de vencida a formação romana.

"Era importante voltar a ter em relação ao último jogo algumas características que são fundamentais na nossa equipa. Voltámos a ser muito pressionantes, com reação à perda muito forte, com muita vontade de chegar à baliza. Percebemos que por vezes fica difícil para o adversário quando jogamos com um misto de futebol ligado e de profundidade", começou por dizer Sérgio Conceição na zona de entrevistas rápidas.

"Cometemos alguns erros em Roma que corrigimos. Hoje, fizemos um jogo quase a roçar a perfeição", sentenciou o técnico do FC Porto.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.