Rossi fez saber que irá assistir à final da Liga dos Campeões de futebol na autocaravana em que está instalado no circuito de Le Mans, em França, mas "só acompanhado por interistas", tal como fez na sua própria casa, quando assistiu ao jogo da primeira mão, com o Barcelona, em Milão.

"Depois de fazermos o nosso trabalho, iremos concentrar-nos para a final, que constituirá um momento histórico para o Inter, a noite mais importante do ano", prometeu Valentino Rossi, que "não gostaria de ver Mourinho sair do clube".

"Mostrou grande capacidade no Inter, e, por isso, desgostar-me-ia que saísse, mas entendo que não se sinta bem em Itália com toda a pressão que tem sobre si. Como "interista", gostaria que continuasse porque aprecio muito a atenção que dispensa a cada detalhe", confessou o campeão italiano.

Mesmo torcendo para que José Mourinho continue no cargo de treinador do Inter, confrontado com a possível transferência do "Special One" para o Real Madrid, comentou: "Com os jogadores que o Real tem, irá, seguramente, sair-se bem".

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.