O Real Madrid mostrou porque é o atual campeão europeu, ao vencer o Ajax na Holanda por 2-1, em encontro da primeira-mão dos oitavos-de-final da Liga dos Campeões.

O jogo ficou marcado pela primeira decisão revertida por um árbitro na Liga dos Campeões de futebol, após visionar as imagens por indicação do videoárbitro.

Aos 37 minutos do jogo da primeira mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões, o argentino Nicolas Tagliafico introduziu a bola de cabeça na baliza do Real Madrid, após uma má intervenção do guarda-redes Thibaut Courtois.

Alertado pelo videoárbitro, o árbitro esloveno Damir Skomina considerou o sérvio Dusan Tadic, em posição irregular no momento do remate de Tagliafico, importunou Courtois, anulando o golo, que seria, na altura, o 1-0 para os holandeses.

Mas merengues vão adiantar-se no marcador aos 60 minutos pelo francês Karim Benzema, depois de uma arrancada espetacular do jovem brasileiro Vinicius Júnior, naquela que foi a sua oitava assistência da época (ninguém faz mais passes para golo no Real Madrid que o atacante canarinho). Foi do banco que Marcelo aplaudiu a jogada do seu compatriota, ele que não se sentava no banco de suplentes num jogo da Champions há quatro anos.

Este é um golo histórico já que permitiu a Benzema entrar na galeria dos notáveis na Champions: o francês é o quarto jogador da história da prova a marcar 60 ou mais golos na competição (Ronaldo tem 121, Messi 106 e Raul marcou 71).

Mas aos 76 minutos, o Ajax, que ficou à frente do Benfica na fase de grupos e impediu o apuramento dos 'encarnados', chegou ao empate pelo marroquino Hakim Ziyech, após assistência do brasileiro David Neres. Primeiro golo do marroquino na Champions, depois de 30 tentativas.

Mas aos 87 minutos o jovem espanhol Marco Asensio faz dar melhor seguimento a um passe de Dani Carvajal para fazer o 2-1 e deixar os campeões europeus em boa posição para seguirem em frente na prova.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.