Numa ronda marcada pela surpreendente eliminação dos “milionários” turcos do Fenerbahçe, Danny esteve em grande na Rússia, ao marcar, aos 33 minutos, o único golo da eliminatória entre o Zenit e os romenos do Unirea Urziceni.

Com a vitória por 1-0, o conjunto russo colocou-se na rota do Sporting de Braga, que se deu ao luxo de perder (2-1) no reduto do Celtic, ao qual chegou com uma confortável vantagem de 3-0, conseguida na primeira “mão”, em solo luso.

Um golo do brasileiro Paulo César, logo aos 20 minutos, foi decisivo para o desfecho da eliminatória, já que acabou rapidamente com as ténues esperanças dos escoceses.

Por seu lado, Vieirinha, com um tento aos 16 minutos, colocou o PAOK à frente da eliminatória com o Ajax, após o 1-1 em Amesterdão, mas os holandeses passaram devido aos golos fora (3-3), e também podem encontrar os “arsenalistas”.

O uruguaio Luis Suarez, Siem de Jong e o sueco Rasmus Lindgren marcaram, entre os 48 e os 55 minutos, três golos de “rajada”. Salpingidis (56 minutos) e o sérvio Vladimir Ivic (90) ainda empataram o jogo, mas em vão.

Além de Zenit e Ajax, o Sporting de Braga poderá encontrar no “play-off” os espanhóis do Sevilha, os alemães do Werder Bremen e os ingleses do Tottenham, equipas que só entram em acção nesta fase da competição.

Em grande destaque na terceira pré-eliminatória esteve o Young Boys, vencedor por 1-0 no reduto dos turcos do Fenerbahçe, graças a um tento do camaronês Henri Bienvenu Ntsama, aos 40 minutos, depois do empate a dois na Suíça.

Evidência ainda para o FC Sheriff, do Moldova, que venceu fora o Dinamo de Zagreb na “lotaria” das grandes penalidades (6-5), após uma igualdade a um golo nos 120 minutos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.