Para 2012/2013, época para a qual não entram os resultados de 2005/2006, Portugal começa no oitavo lugar, mas perto do sexto, que garante duas entradas directas na “Champions”, mais um lugar na terceira ronda de qualificação.

Sem os resultados de 2005/2006, a pior época lusa no novo milénio, Portugal soma 32,796 pontos, contra 33,791 da Rússia (sétima classificada) e 33,800 da Ucrânia (sexta), que também já não têm representantes em 2009/2010.

As alterações na presente temporada apenas podem acontecer entre os cinco primeiros colocados (Inglaterra, Espanha, Itália, Alemanha e França), os únicos com representantes nas meias-finais, da Liga dos Campeões e Liga Europa.

Atrás da representação lusa, na corrida pelo sexto lugar de 2012/2013, a Turquia é nona, com 30,450 pontos, e a Holanda 10.ª, com 28,963.
Portugal fechou quinta-feira a época europeia de futebol, depois da eliminação do Benfica nos quartos de final da Liga Europa, face ao Liverpool, com o melhor registo desde 2003/2004.

As formações lusas somaram 10,000 pontos (60,000 a dividir por seis), o que valeu o sexto lugar da temporada, sendo necessário recuar à época do segundo título europeu do FC Porto para encontrar melhor registo.

Nessa época, Portugal, apenas com quatro equipas, fechou em quarto lugar, com uma pontuação pouco superior (10,250 pontos), sendo que, depois disso, tinha como melhor três oitavos lugares, em 2004/2005 com 8,166 pontos.

Para os 60,000 pontos, o Benfica, quinta-feira derrotado por 4-1 em Anfield Road, após o triunfo caseiro por 2-1, foi quem mais contribuiu, com 20,000, contra 19,000 do FC Porto e 14,000 do Sporting, afastados nos “oitavos” da Liga dos Campeões e da Liga Europa, respectivamente.

Por seu lado, o Nacional contribui com 5,500 e o Paços de Ferreira com 1,500, enquanto o “desastrado” Sporting de Braga não somou nenhum.

Nas últimas cinco épocas, o Benfica termina pela terceira vez à frente da delegação lusa, repetindo 2005/2006 (quartos de final da Liga dos Campeões) e 2006/2007 (quartos de final da extinta Taça UEFA).

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.