Pizzi foi o jogador escolhido pelo Benfica para fazer a antevisão do jogo com o Zenit, da 6.ª jornada da Liga dos Campeões.

Principal perigo do Zenit: "Obviamente que conhecemos todos os jogadores do Zenit. Tem muita qualidade. O Dzyuba segura muito bem a bola, é uma referência na equipa do Zenit. Temos de estar preparados e estar conscientes que o Zenit tem bons jogadores em todas as posições. Temos de estar preparados para todos os jogadores, em todos os setores".

Pressão de ser eliminado muda a abordagem do jogo? "Não pode mexer com a abordagem, o nosso objetivo é entrar para vencer, só a vitória nos interessa, poderá haver muitas contas mas o nosso foco é vencer, conquistar os três pontos que nos possam dar a qualificação para a Liga Europa, tem de ser o nosso foco e o nosso objetivo.

Pizzi é o jogador intocável no Benfica? "O que eu faço é trabalhar no máximo todos os dias para merecer a confiança do treinador. No Benfica não há jogadores intocáveis, temos plantel de muita qualidade, jogadores recheados de talento, com muita vontade de jogar e mostrar a qualidade que têm. Mas o objetivo é trabalhar todos os dias no máximo para merecer a confiança do mister e ter lugar no onze titular. Tenho de respeitar sempre, e respeito, as opções do mister. Sempre que fico no banco e entro é para dar o máximo e ajudar o Benfica a conquistar a vitória."

O Benfica joga na terça-feira a continuidade na Europa do futebol, precisando de vencer, no mínimo, por 2-0 na receção ao Zenit, na sexta e última jornada do Grupo G da Liga dos Campeões, para não depender de terceiros. Já afastado da próxima fase da Liga dos Campeões, o Benfica ainda mantém esperança de seguir para os 16 avos de final da Liga Europa, mas para isso tem de vencer a equipa de São Petersburgo por 2-0, ou por três golos de diferença, se também sofrer.

Uma vitória por números inferiores deixa o clube lisboeta dependente de uma derrota do Lyon na receção ao já apurado Leipzig, líder do grupo, com 10 pontos, mais três do que os russos e os franceses e mais seis do que os 'encarnados'.

O encontro está marcado para às 20h00 desta terça-feira na Luz e terá arbitragem do espanhol Mateu Lahoz, árbitro que será auxiliado por Pau Cebrián Devís e Roberto del Palomar. Alejandro Hernández estará no VAR, assistido por Ricardo de Burgos, e Santiago Jaime Latre será o quarto árbitro.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.