O Tottenham chegou a estar a perder por 0-2 diante do Olympiacos, mas uma reviravolta estrondosa permitiu aos spurs levarem de vencidos os gregos por 4-2.

No golo do empate, marcado por Harry Kane, José Mourinho reconheceu a importância do apanha-bolas, que de forma muito rápida colocou o esférico em Aurier, para que o costa-marfinense a fizesse chegar a Lucas Moura. O treinador português fez questão de agradecer ao jovem.

Já depois do apito final, Mourinho voltou a destacar o papel do apanha-bolas no lance e revelou até que quis convidar o miúdo para celebrar com a equipa.

"Para colocar a bola em campo de forma tão rápida tens de ser um apanha-bolas muito bom. Tive essa missão entre os meus 10 e 14 anos, fui um apanha-bolas muito bom e ele também o é. Entendi o jogo, sabe lê-lo, não está apenas a olhar para as bancadas. Está a viver o jogo e a jogá-lo muito bem. Quis convidá-lo para celebrar connosco no balneário, mas desapareceu!", afirmou Mourinho.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.