Monchi, diretor desportivo da Roma, viveu esta quarta-feira momentos de tensão no Aeroporto Francisco Sá Carneiro, no Porto, após a eliminação da Roma da Champions, no Dragão.

De acordo com a 'Gazzetta dello Sport', vários adeptos do clube romano, sobretudo do lado da facção ultra, fizeram uma espera aos jogadores e dirigentes, à chegada ao aeroporto, pedindo explicações pela exibição frente ao FC Porto. Monchi foi um dos principais alvos.

"Destruíste a equipa, tens de ir embora", gritaram os adeptos, com Monchi a ripostar na mesma moeda. "Vocês são bons agora, daqui a seis meses apanho-vos um por um", atirou Monchi, citado pela publicação italiana.

A resposta do dirigente incendiou ainda mais os ânimos, com um dos adeptos a atirar: "Tens que te calar, vai-te embora."

Já esta quinta-feira, Monchi recorreu às redes sociais para pedir desculpa pelo sucedido. "As minhas palavras foram relatadas incorretamente", assinalou o dirigente, referindo-se à notícia da 'Gazzetta dello Sport'.

"É verdade que houve um momento de nervosismo, por causa do grande desapontamento que todos sentimos. Peço desculpa a todos os adeptos, em particular aos que estavam no aeroporto naquela altura. Força Roma!", assinalou Monchi na sua conta do Instagram.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.