O treinador português Paulo Fonseca garantiu hoje que o Shakhtar Donetsk vai continuar a lutar na Liga Europa de futebol, depois de um empate em casa com o Lyon (1-1) ter afastado os ucranianos da Liga dos Campeões.

“É claro que queríamos vencer, mas seja como for vamos continuar a bater-nos na Liga Europa. A qualidade individual de Nabil Fekir [avançado do Lyon, autor do golo do empate] fez a diferença”, referiu.

Já habituado a jogar em casa emprestada, normalmente em Kharkiv, o Shakhtar Donetsk teve de jogar desta feita em Kiev, casa do rival Dínamo.

“Fizemos todos os possíveis para conservar a vantagem de um golo, mas não conseguimos. Mesmo não sendo Kiev a cidade do nosso clube, quero agradecer a todos os adeptos que vieram aqui hoje, cerca de 39 mil”, afirmou.

A necessitar de uma vitória para seguir para os oitavos de final da ‘Champions’, o Shakhtar adiantou-se por Júnior Moraes, aos 22 minutos, mas Fekir empatou aos 65, atirando os ucranianos para a Liga Europa.

O Manchester City venceu o Grupo F, com 13 pontos, mais cinco do que o Lyon, sete do que o Shakhtar e 10 do que o Hoffenheim.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.