O FC Porto começa a disputar na terça-feira o acesso aos quartos de final da Liga dos Campeões em futebol, que valem, para os cofres portistas, 10,5 milhões de euros (ME), para juntar aos 67,94 já amealhados.

Com entrada direta na 'Champions', face ao triunfo na I Liga portuguesa de 2017/18, os 'dragões' receberam 15,23 ME pela presença e foram ainda premiados pelo 'ranking' da UEFA dos últimos 10 anos.

Como sétimo colocado entre os 32 clubes presentes na fase de grupos, o FC Porto embolsou, assim, mais 28,81 ME (1,108 a multiplicar pela posição inversa na tabela).

Depois, aproveitando a 'benesse' do sorteio, que não lhe colocou qualquer 'tubarão' pelo caminho, o conjunto 'azul e branco' totalizou 16 pontos no Grupo D, que lhe valeram mais 14,4 ME (2,7 por vitória e 0,09 por empate).

Com o triunfo no agrupamento, o FC Porto conseguiu o consequente apuramento para os 'oitavos' e mais 9,5 ME, para um total de 67,94.

Tendo em conta que ainda não foi desta que tocou aos campeões lusos um adversário inacessível, que a Roma não é, o caminho está aberto para a conquista de mais 10,5 ME, que colocariam o total em 78,44.

Caso chegue aos 'quartos', o FC Porto será ainda um dos oito candidatos a mais milhões: as meias-finais valem 12 milhões e a final oferece 15, sendo que quem suceder ao Real Madrid, vencedor das últimas três edições, ainda embolsa mais quatro.

Ao contrário dos 'dragões', o Benfica, que ficou em terceiro no Grupo E, atrás de Bayern Munique e Ajax, foi relegado para a Liga Europa e viu, assim, encerrado o seu pecúlio financeiro na 'Champions' 2018/19, que se fixou em 49,23 ME.

Com a 'bênção' do Sporting, mais precisamente de uma 'inoportuna' derrota dos 'leões' no reduto do Marítimo a fechar o último campeonato, o Benfica foi segundo na I Liga 2017/18 e, como tal, ficou a duas pré-eliminatórias dos milhões.

Os 'encarnados' conseguiram ultrapassar a terceira pré-eliminatória e o 'play-off', atingindo a fase de grupos, para garantirem, desde logo, os 15,23 milhões de presença, mais 27,7 pelo oitavo posto no 'ranking' da UEFA dos últimos 10 anos.

A estes 42,93 ME, o clube da Luz conseguiu adicionar 6,3 pelos resultados obtidos na fase de grupos (duas vitórias e um empate).

Além destes valores fixos, ainda há outros variáveis, como os que têm a ver com a televisão, o 'Market Pool', e ainda as receitas de bilheteira e mais tudo o que está associado a um encontro da principal prova europeia de clubes.

Os 'dragões' reentram na 'caça' aos milhões na terça-feira, pelas 21:00 locais (20:00 em Lisboa), em Itália, onde defrontam a Roma, em encontro da primeira mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.