O FC Porto deslocou-se por 19 vezes a redutos de clubes ingleses de futebol, mas não conseguiu melhor do que três empates e ficou a zero nos derradeiros seis encontros, contabilizando apenas 10 golos marcados, contra 49 sofridos.

Em Inglaterra, os 'dragões' só não perderam em duas visitas a Old Trafford, face ao Manchester United, ao empatarem a um em 2003/04 e a dois em 2008/09, e na época passada, em Anfield Road, frente ao Liverpool, num embate que terminou sem golos.

Nas restantes deslocações a solo inglês, o FC Porto só contabiliza derrotas, num total de 16, quatro das quais por mais de três golos de diferença.

As primeiras seis visitas redundaram em outros tantos desaires, com Newcastle (0-1 em 1969/70), Wolverhampton (1-3 em 1974/75), Manchester United (2-5 em 1977/78 e 0-4 em 1996/97), Tottenham (1-3 em 1991/92) e Liverpool (0-2 em 2000/01).

Em 2003/04, um golo de Costinha, em 'cima' dos 90 minutos, selou o primeiro empate (1-1), face ao Manchester United, que valeu o apuramento para os quartos de final da Liga dos Campeões, já que os 'dragões' haviam triunfado em casa por 2-1.

Depois dessa igualdade, o FC Porto voltou aos desaires, somando mais cinco consecutivos, face a Chelsea (1-3 em 2004/05 e 1-2 em 2006/07), Arsenal (0-2 em 2006/07 e 0-4 em 2008/09) e Liverpool (1-4 em 2007/08).

O segundo empate chegou em 2008/09, de novo em Old Trafford, face aos 'red devils', graças a mais um golo 'tardio', de Mariano González, aos 89 minutos, depois de Wayne Rooney e Carlos Tevez darem a volta ao tento inaugural de Cristián Rodríguez.

Ao contrário do resultado de 2003/04, este acabou, porém, por nada valer, já que na segunda mão, no Estádio do Dragão, um 'golão' de Cristiano Ronaldo, do 'meio da rua', qualificou os ingleses, vencedores por 1-0.

O tento do argentino, que atuou de 'azul e branco' de 2007/08 a 2010/11, ainda é o último do FC Porto em Inglaterra, onde não marca há mais de seis jogos e 540 minutos.

O conjunto portista perdeu sucessivamente com Chelsea (0-1 em 2009/10), Arsenal (0-5 em 2009/10), Manchester City (0-4 em 2011/12), novamente Chelsea (0-2 em 2015/16) e Leicester (0-1 em 2016/17), o surpreendente campeão inglês de 2015/16.

Na época passada, o FC Porto voltou a ficar em 'branco', em Liverpool, mas somou o terceiro empate em solo inglês, ainda que a 'nada' tenha sabido, uma vez que os 'reds' tinham decidido no Dragão os 'oitavos' da 'Champions', com um 5-0.

A casa dos 'reds', que 'nunca caminham sós', será, na terça-feira, o palco do 20.º encontro do FC Porto em solo inglês, a contar para a primeira mão dos quartos de final da edição 2018/19 da Liga dos Campeões.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.