A final da Liga dos Campeões entre Inter e Bayern Munique vai gerar um impacto económico de 351 milhões de euros.

De acordo com o Diário Económico, que cita um estudo do economista Simon Chadwick, a final de 2010 gerará mais 38,5 milhões do que o jogo de 2009, que se disputou entre Barcelona e Manchester United, em Roma.

O facto da final se realizar pela primeira vez a um sábado é preponderante para esse impacto económico, uma vez que os adeptos nerazzurri e bávaros tiveram oportunidade de viajar em maior número e passar mais dias próximos das suas equipas.

O vencedor arrecadará cerca de 120 milhões de euros, enquanto a cidade madrilena, que acolhe a final, terá um impacto positivo de 50 milhões de euros. 

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.