O Benfica perdeu frente aos alemães do Leipzig, por 2-1, na primeira jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões, em partida disputada nesta terça-feira no Estádio da Luz.

A entrada em falso na prova milionária - que costuma ser um mau pronúncio nas competições europeias, segundo o histórico do clube - mereceu destaque na imprensa espanhola.

O jornal Marca mostra estar atento ao futebol português, e destacou o sucesso desportivo do Benfica em Portugal, apontando os cinco títulos conquistados nas últimas seis épocas, mas lembrou também o que apelida de "maldição".

"O Benfica, dominador do futebol português nos últimos anos – conquistou cinco das últimas seis ligas – não tem conseguido transportar esses bons resultados para a Liga dos Campeões. Em 2017/18 e 2018/19, as águias foram eliminadas na fase de grupos. Nesta temporada, a recente 'maldição' da equipa de Lisboa com a principal prova de clubes europeia, troféu que ergueu por duas vezes, continua: o Benfica perdeu (1-2) com o Leipzig e, nos últimos 14 jogos da competição, soma 11 derrotas, um empate e apenas duas vitórias", pode ler-se no jornal espanhol.

A publicação desportiva do país vizinho considera ainda que o Benfica “foi inferior” ao conjunto germânico, que merece rasgados elogios.

"O Leipzig provou ser uma equipa muito forte, bem trabalhada taticamente, que exerce muita pressão... e que tem um atacante temível. Timo Werner marcou os dois golos que derrotaram o Benfica", sublinha o jornal Marca.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.