Ao contrário de outros craques que surgiram logo ao mais alto nível, Lewandowski despontou no Znicz Pruszków, uma equipa do terceiro escalão da Polónia. Sagrou-se melhor marcador do campeonato no primeiro ano como sénior e foi decisivo para a subida de divisão. No ano seguinte repetiu o troféu individual, agora na segundo patamar polaco, mas a equipa não alcançou nova ascensão. Muitos golos depois, assinou pelo Lech Poznań e foi campeão polaco na segunda temporada no clube, sagrando-se também o melhor marcador do campeonato, além de ter ganho a Supertaça e a Taça da Polónia na época de estreia.

Em 2010 chegou ao Borussia Dortmund e, numa década, tornou-se um dos melhores jogadores de sempre da Bundesliga. Esteve quatro épocas em Dortmund e conquistou duas ligas, foi uma vez o goleador do campeonato e perdeu a final da Liga dos Campeões de 2012/13 frente ao Bayern Munique. Como de costume, os bávaros estão atentos às principais figuras do futebol germânico e Lewandowski foi mais um dos talentos que reforçou o clube mais poderoso da Alemanha.

E o tempo justificou a mudança: sagrou-se campeão nas seis épocas que leva em Munique e só no primeiro ano não passou a barreira dos 40 golos no somatório de todas as competições, que lhe valeram quatro troféus de melhor marcador da liga. Além disso, é o maior goleador estrangeiro da história da competição e em 2015 marcou cinco golos ao Wolfsburgo em nove minutos, sequência mais rápida dos cinco principais campeonatos europeus. Impressionante!

A veia goleadora estende-se à seleção da Polónia, da qual é o melhor marcador de sempre com 61 golos em 112 jogos.

A coleção de títulos na Alemanha fica completa ao acrescentarmos quatro Taças e quatro Supertaças. Faltam-lhe apenas os títulos internacionais, sendo que esta época, a avaliar pelo desempenho que tem tido e pelos incríveis 8-2 ao Barcelona nos quartos-de-final, o Bayern parece estar em boa posição para conquistar a Liga dos Campeões. Com uma equipa repleta de talento, os 67 golos de Lewandowski em 88 jogos na competição são um bom indicador.

Especial Liga dos Campeões: Acompanhe todas as decisões com o SAPO Desporto! 

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.