O Chelsea perdeu em casa com o Bayern Munique por 3-0, na primeira-mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões. Um resultado difícil de inverter no segundo jogo, depois de uma partida que não correu como previsto, como reconheceu o treinador dos londrinos, Frank Lampard.

"A nossa exibição foi fraca e, às vezes, é preciso ser brutalmente honesto. O Bayern foi melhor em todos os aspetos e é realmente preocupante. O nível em que eles se encontram permite lutar pela Bundesliga e Champions todos os anos. Estou desapontado por não ter sido possível fazer mais. Temos de manter a cabeça levantada e continuar a trabalhar", disse Lampard aos microfones da 'BT Sport'.

Já Hansi Flick, treinador dos bávaros, estava naturalmente satisfeito com o resultado que deixa a eliminatória bem encaminhada.

"Para nós, naturalmente, é um excelente resultado. A equipa assinou uma boa exibição ao longo dos 90 minutos. Esteve concentrada e muito determinada. O primeiro tempo foi muito bom, mas ao intervalo sabíamos que era preciso fazer mais, porque queríamos absolutamente marca aqui. Na primeira parte falhamos várias oportunidades, mas na segunda convertemos. Queríamos ser imprevisíveis e isso funcionou do lado esquerdo. Quando os espaços estavam lá, sabíamos utilizá-los de forma excelente", analisou.

Para o jogo em Munique, o Chelsea não poderá contar com os castigados Jorginho e Marcos Alonso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.