O Bayern de Munique praticamente sentenciou hoje, na visita ao Chelsea, a passagem aos quartos de final da Liga dos Campeões de futebol, enquanto o internacional português Nélson Semedo contribuiu para o empate do FC Barcelona em Nápoles.

Em Londres, o confronto da primeira mão dos ‘oitavos’ teve uma primeira parte muito movimentada, com oportunidades para os dois lados, mas apenas na etapa complementar surgiram os golos que deram o triunfo por 3-0 ao Bayern.

A formação bávara contou com a dupla Gnabry e Lewandowski perfeitamente ‘afinada’, com o polaco a assinar, primeiro, as assistências para os dois golos do extremo alemão, aos 51 e 54 minutos, antes de ele próprio marcar o terceiro, aos 76.

O Bayern está, assim, bem lançado para se apurar para os quartos de final da ‘Champions’, perante um Chelsea que terminou o encontro reduzido a 10 elementos, por expulsão de Marcos Alonso, aos 83 minutos.

O conjunto bávaro deu sequência à entrada ‘fulgurante’ das equipas alemãs nos oitavos de final, depois de na semana passada Borussia Dortmund e Leipzig se terem superiorizado a Paris Saint-Germain (2-1) e Tottenham (1-0), respetivamente.

O encontro da segunda mão está agendado para 18 de março, em Munique, no mesmo dia em que o FC Barcelona vai receber o Nápoles, após ter empatado hoje 1-1 no reduto dos napolitanos, num duelo que colocou frente-a-frente os laterais internacionais portugueses Nélson Semedo, pelos catalães, e Mário Rui, pelos italianos, ambos titulares.

No San Paolo, a formação comandada por Gennaro Gattuso colocou-se em vantagem com um grande golo do internacional belga Dries Mertens, aos 30 minutos. Com este tento, o avançado igualou o eslovaco Marek Hamsik – atualmente a jogar na China - como melhor marcador da história do Nápoles, ambos com 121 golos.

Mertens saiu desta partida com um sentimento ‘agridoce’, já que, apesar do histórico golo apontado, teve de abandonar o relvado no segundo tempo, devido a lesão, três minutos antes do FC Barcelona igualar o marcador, aos 57, através do francês Antoine Griezmann, na sequência de uma assistência de Nélson Semedo.

A formação ‘culé’ perdeu o chileno Arturo Vidal para o encontro da segunda mão, em Barcelona, após o médio ter sido expulso perto do final, devido a um desentendimento com Mário Rui.

A ronda de jogos da primeira mão dos oitavos de final encerra na quarta-feira, com a visita da Juventus, do internacional português Cristiano Ronaldo, ao Lyon e a receção do Real Madrid ao Manchester City, de Bernardo Silva e João Cancelo.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.