O FK Krasnodar é o adversário do FC Porto na terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões. Os vice-campeões portugueses têm pela frente uma viagem a longínqua Rússia para medir forças com a equipa que terminou no 3.º posto na liga local em 2018/2019, ao ficar à frente dos históricos de Moscovo como CSKA e o Spartak. Na época passada apenas foram eliminados nos oitavos de final da Liga Europa pelo Valência, nos descontos da segunda mão, com um golo do português Gonçalo Guedes.

Entre Club Brugge (Bélgica), Krasnodar (Rússia), o Istanbul Basaksehir (Turquia) ou o LASK (Áustria), este era o pior adversário que poderia calhar a formação de Conceição.

FK Krasnodar: 11 anos de vida e um crescimento exponencial

Os russos vão numa fase adiantada da sua preparação, já que levam duas jornadas da Liga russa disputadas: uma derrota no terreno do Akhmat Grozny e uma vitória, fora de casa, frente ao Ufa por 3-2.

Esta é uma equipa recente mas que tem tido um crescimento sustentado mas rápido no futebol russo: fundado em 2008, em 2011 já andava na Primeira Liga Russa. E em 2014 estava a jogar nas competições europeias, onde esteve por cinco vezes. Nos últimos seis anos ficou sempre no top-5 da liga russa. É presidido por Sergey Galitsky, bilinário russo e co-proprietário da Magnit, uma das maiores cadeias de supermercados da Russia.

Estádio Krasnodar
Estádio Krasnodar

O Krasnodar é orientado por Murad Musaev, um jovem técnico russo de apenas 35 anos. Um homem da casa e da cidade, que começou nos sub-19 da equipa, em 2016/2017 mas que foi promovido à formação principal para os derradeiros seis jogos, depois da saída de Igor Shalimov. O seu desempenho (quatro vitórias e duas derrotas) nestas partidas levou a administração a apostar nele para a época seguinte. Uma aposta que deu resultados, com o terceiro posto na Liga russa.

O plantel: caras conhecidas e um russo que já foi brasileiro

Neste momento, o plantel conta com 24 jogadores, alguns deles conhecidos dos portugueses, como o guarda-redes Stanislav Kritsyuk, que jogou no Rio Ave e SC Braga. Dos nomes mais conhecidos, destaque para o central internacional sérvio, Uros Spajic.

LC: Encontros do FC Porto com o Krasnodar já têm data e hora
LC: Encontros do FC Porto com o Krasnodar já têm data e hora
Ver artigo

Na frente há um perigo chamado Ari. O brasileiro de 33 anos, que se naturalizou russo, pode não ter a velocidade de outros tempos mas continua a ser um perigo. A sua chamada à seleção principal da Rússia não foi bem acolhida no país. Pavel Pogrebnyak, antigo internacional russo, não gostou nada de ver um negro na seleção da Rússia.

"É ridículo quando um jogador negro joga pela seleção nacional da Rússia. Sou completamente contra [a naturalização de jogadores estrangeiros]. Não há necessidade para tal. Não consigo entender como é que o Ari conseguiu um passaporte russo", disse, na altura, Pável Pogrebniak, em declarações ao jornal 'Sport Express'. Uma declaração que lhe valeu uma multa.

Além de Ari, há outros destaques, como o jovem avançado Shapi Suleymanov, de apenas 19 anos. Na época passada marcou 13 golos em 43 jogos, três deles na Liga Europa. Os médios suecos Kristoffer Olsson e Viktor Claesson, além do extremo brasileiro Wanderson Maciel.

Investida forte no mercado e 14,4 ME gastos, 9 deles em Trindade de Vilhena

No final da época passada o Krasnodar contratou o médio brasileiro Kaio Pantaleão ao Santa Clara por três milhões de euros mas a grande compra foi o criativo holandês Tonny Trindade Vilhena (ex-Feyenoord), que custou nove milhões de euros. Além de Vilhena, da Holanda também chegou o médio ofensivo Younes Namli, jogador dinamarquês contratado ao PEC Zwolle por dois milhões de euros.

Trindade Vilhena trocou o Feyennord pelo FK Krasnodar
Trindade Vilhena trocou o Feyennord pelo FK Krasnodar

Do Rubin Kazarm chegou o médio defensivo russo Ruslan Kambolov, por 400 mil euros. O experiente avançado sueco Marcus Berg chegou proveniente Al-Ain FC, dos Emirados Árabes Unidos, a custo zero.

Onze-tipo

Safonov na baliza, Petrov na lateral direita, Cristián Ramirez na esquerda, Martynovich e Spajic a centrais. O meio-campo é formado por Kambolov a trinco, com Olsson e Vilhena mais a frente, no apoio a Namli que aparece pela direita, Wanderson pela esquerda e Ari no meio.

Liga dos Campeões: FC Porto enfrenta os russos do Krasnodar na 3.ª pré-eliminatória
Liga dos Campeões: FC Porto enfrenta os russos do Krasnodar na 3.ª pré-eliminatória
Ver artigo

Esta é a primeira vez que o Krasnodar vai tentar atingir a fase de grupos da Champions.

Para atingir a fase de grupos da Liga dos Campeões, na qual tem entrada direta o campeão português Benfica, os 'dragões' têm de ultrapassar a terceira pré-eliminatória e os ‘play-offs’, nos quais serão igualmente cabeças de série.

O jogo da primeira mão da terceira pré-eliminatória da principal competição europeia de clubes está marcado para 06 ou 07 de agosto, enquanto o segundo encontro vai realizar-se em 13 do mesmo mês.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.