O FC Barcelona venceu por 4-2 o Sevilha, para a nona jornada, e recuperou a liderança da liga espanhola de futebol, entregue provisoriamente no sábado ao Alavés, mas pode ter perdido Lionel Messi por um período indeterminado.

O argentino, que assistiu o brasileiro Philippe Coutinho para o primeiro golo, aos dois minutos, e marcou o segundo, aos 12, saiu do relvado aos 26 com suspeita de uma fratura no braço direito, que o afasta, para já, do clássico do próximo fim de semana com o Real Madrid.

Messi lesionou-se em Camp Nou
Messi lesionou-se em Camp Nou créditos: EPA

O uruguaio Luis Suárez aumentou a vantagem do FC Barcelona para 3-0, aos 63 minutos, na transformação de uma grande penalidade, mas o Sevilha, dos portugueses Daniel Carriço e André Silva, reduziu através de Pablo Sarabia, aos 79.

Com o português Nelson Semedo a titular, o FC Barcelona aumentou para 4-1 pelo croata Ivan Rakitic, mas o Sevilha ainda reduziu para 4-2 pelo colombiano Luis Muriel, aos 90+1.

Com os três pontos conquistados, o Barcelona recuperou a liderança da liga espanhola, com um total de 18, superando o Alavés (17) e aumentou para quatro a vantagem para o rival Real Madrid (quinto), que perdeu em casa com o Levante (2-1).

Além de ter alargado a vantagem para um adversário direto, dado que o Sevilha é terceiro, com 16 pontos, o FC Barcelona abriu também a diferença para o Atlético de Madrid, quarto com 16 pontos, que empatou 1-1 em casa do Villarreal.

Alavés continua a ser sensação em Espanha

Tomás Pina festeja golo
Tomás Pina festeja golo créditos: EPA

O clube basco esteve este sábado no comando da liga espanhola à condição depois de derrotar o Celta de Vigo por 1-0 em jogo a contar para a nona jornada da prova. Mesmo sem ter o domínio territorial da partida, a formação de Vitória voltou a ser muito eficaz: marcou aos 58 minutos, por Tomás Pina, e depois soube gerir a vantagem até ao apito final.

No estádio Abanca-Balaídos, o Alavés voltou a dar claras indicações de que está na luta por um lugar de acesso às competições europeias, num ano especialmente atípico, em que os 'gigantes' FC Barcelona e Real Madrid revelam fraquezas inesperadas.

O triunfo do Alavés frente ao Celta de Vigo permitiu ao emblema basco comandar a liga espanhola à condição com 17 pontos.

Real Madrid perde com Levante e soma quatro jogos sem vencer no campeonato

O onze do Real Madrid frente ao Levante
O onze do Real Madrid frente ao Levante créditos: GABRIEL BOUYS / AFP

O Real Madrid perdeu na receção ao Levante, por 2-1, em jogo da nona jornada da Liga espanhola de futebol, competição na qual não vence há quatro jogos e soma duas derrotas consecutivas.

Jose Luis Morales, aos seis minutos, e Roger, aos 13, na conversão de uma grande penalidade, deram vantagem ao Levante, enquanto Marcelo, aos 72, reduziu para os ‘merengues’, sem conseguir evitar novo desaire.

O tento do brasileiro também não evitou que o clube madridista superasse o anterior recorde negativo do clube sem marcar golos, que era de 464 minutos e remontava a 1984/85, fixando-o agora em 481 minutos.

O Real Madrid sofreu a primeira derrota em casa no campeonato e o quinto jogo sem vencer em todas as competições, depois dos desaires nos terrenos de Sevilha (3-0) e Alavés (1-0), do empate caseiro frente ao Atlético de Madrid (0-0) e da derrota na visita ao CSKA Moscovo (1-0), este para a Liga dos Campeões.

A formação comandada por Julen Lopetegui, que já treinou o FC Porto, ocupa agora o quinto lugar da liga espanhola, com 14 pontos, menos quatro pontos do que o líder Barcelona na véspera de visitar os 'rivais' da catalunha no próximo domingo em jogo da 10.ª jornada do campeonato.

Já o Levante ascendeu ao oitavo lugar com 13 pontos conseguindo o seu segundo triunfo no Santiago Bernabéu, depois da vitória alcançada em 2007.

Espanyol vence 'lanterna-vermelha' e fica a um ponto do líder Barcelona

Borja Iglesias marcou os dois golos do Espanyol
Borja Iglesias marcou os dois golos do Espanyol créditos: EPA

O Espanyol venceu na visita ao Huesca, por 2-0, e igualou o Alavés no segundo lugar da Liga espanhola de futebol, ambos a um ponto do líder Barcelona.

Borja Iglesias, aos 41 e 64 minutos, marcou os dois golos da formação catalã no encontro da nona jornada do campeonato, no terreno do último classificado, que alinhou com Ruben Semedo a tempo inteiro.

O lateral Antunes assistiu o francês Foulquier no primeiro golo do Getafe na vitória em casa do Rayo Vallecano, que concedeu um autogolo aos 67 minutos, por Akieme, quando Bebé já alinhava na formação madrilena. Raul de Tomás, aos 74, ainda reduziu para o Rayo, que segue na 19.ª e penúltima posição, com os mesmos pontos do Huesca.

Já o Eibar empatou a 1-1 com o Athletic Bilbau, com o brasileiro Charles a dar vantagem aos anfitriões, aos 17, na conversão de uma grande penalidade, e Iñaki Williams a empatar para os bascos, quatro minutos depois.

Bétis de William Carvalho cai para 10º lugar e Valência de Piccini soma sétimo empate da época

Antonio Jesus Regal celebra o golo da vitória do Real Valladolid sobre o Bétis de Sevilha
Antonio Jesus Regal celebra o golo da vitória do Real Valladolid sobre o Bétis de Sevilha. créditos: EPA/JULIO MUNOZ

O Real Valladolid o Bétis de Sevilha por 1-0 em jogo a contar para a nona jornada e ascendeu desta forma à sexta posição da prova num jogo em que o internacional português William Carvalho foi titular totalista.

Na visita ao Bétis de Sevilha, o Real Valladolid alcançou o triunfo com um golo de Antoñito aos 35' minutos.

Já o Valência com Piccini a titular não foi além de um empate em casa com o Leganés  a 1-1 em jogo a contar para a nona jornada da liga espanhola. Com o internacional português  Gonçalo Guedes fora das opções de Marcelino devido a lesão, o Valência viu o Leganés abriu o marcador no Mestalla aos 63' minutos com Gerard Gumbau a converter uma grande penalidade. A cinco minutos do apito final, José Gaya restabeleceu a igualdade aos 85' minutos e impediu a derrota do Valência em casa, local onde esta época ainda não venceu para a liga espanhola.

Com este resultado, o Valência ocupa a 13ª posição da liga espanhola com 10 pontos mas poderá ser ultrapassado pelo Girona que hoje fecha a nona jornada na deslocação aos bascos da Real Sociedad.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.