O jornal espanhol 'El País' avança que o egípcio Mohamed Salah, do Liverpool, e o inglês Harry Kane, do Tottenham, recusaram uma proposta do Real Madrid para ocuparem o lugar de Cristiano Ronaldo, depois do craque português ter saído para a Juventus.

Com a saída de Ronaldo, o presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, estava disposto a investir 350 milhões de euros na transferência e no salário de um destes jogadores. No entanto, nenhum dos casos chegou a negociação porque os intermediários dos dois jogadores informaram logo que as respostas eram negativas.

Outro dos alvos do Real Madrid era Eden Hazard que, segundo o 'El País', deu uma resposta positiva à possibilidade de entrar em negociação com os merengues, mas o valor necessário para resgatar o jogador ao Chelsea levou a direção a recuar.

A dúvida de Florentino Pérez atualmente é entre contratar um reforço já neste mercado de transferência, que fecha dia 31 de agosto, ou esperar para o próximo ano na esperança de conseguir uma boa negociação.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.