Ivan Rakitic gostaria que se parasse de criticar tanto Ousmane Dembelé. O médio croata do Barcelona sublinhou que é preciso fazer "vista grossa" a alguns erros do jovem extremo francês, muito falado por estes dias na Catalunha devido a sua vida extra-futebol.

"Não é fácil chegar ao maior clube do mundo e lidar com a pressão diária que se acumula num clube [como o Barcelona]. É preciso dar tempo ao tempo, ele tem qualidades incríveis. Tem que se fazer vista grossa para um jogador assim, às vezes ele comete erros", comentou o croata.

"Vale a pena também fazer isso para os jogadores que têm uma ótima carreira pela frente", completou, em entrevista exclusiva à Goal e Spox junto.

Na mesma entrevista, Rakitic defendeu a permanência de Ernesto Valverde no banco do 'Barça' (o contrato termina em 2019), apesa dar contestação que o técnico começa a sentir.

"É muito tranquilo, um verdadeiro trabalhador. Prepara cada detalhe peça por peça. Quer ver sempre a sua equipa a fazer o melhor. Encaixamo-nos muito bem, temos uma visão similar do futebol. Pessoalmente, estou feliz que ele seja meu treinador. Seria a melhor decisão se o clube decidir renovar. Ele conhece a equipa e sabe o que a equipa precisa", concluiu.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.