Lionel Messi, craque do FC Barcelona e da seleção argentina, falou com a 'La Liga' e abordou vários temas relacionados com a sua carreira ao longo dos anos.

O argertino, conhecido (não só mas também) pelos seus livres diretos 'mortiferos' revelou qual é o seu segredo para a marcação dos mesmos: estudar bem os adversários.

"Nos últimos tempos comecei a observar, sobretudo nos livres diretos para ver se [o guarda-redes] se mexe antes, se dá um passo, se não, como reage, como mete a barreira... a verdade é que agora sim, estudo-os um pouco mais. (...) Fui melhorando a forma como batia a bola com o treino", revelou.

Sobre o recorde de maior goleador da Liga Espanhola, Messi recorda as palavras de Samuel Eto'o, que lhe disse que quando começasse a marcar ninguém o iría parar.

"Recordo-me que o Eto'o me dizia muitas vezes 'No dia em que começares a fazer golos, vais ser...' Porque tinha muitas oportunidades mas não as convertia. Até que um dia desbloqueei, marquei e começaram a entrar todas", afirmou antes de considerar que este recorde na 'La Liga' é "um dos recordes mais bonitos" que tem.

Casado com Antonella Roccuzzo e com três filhos, Messi falou ainda sobre o ritmo acelerado a que os filhos obrigam, sendo que as sestas são coisas do passado.

"Temos um ritmo muito marcado, que depende muito dos nossos filhos. Terminamos o treino, vou a casa para comer rapidamente, saio para os ir buscar ao colégio, dependemos muito deles... a verdade é que cortaram-me muito as sestas", afirmou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.