O Barcelona confirmou ontem o pior início de temporada dos últimos anos, ao perder na casa do surpreendente Granada por 2-0. No final no encontro, no balneário, o clima era tenso e de insatisfação.

O jornal AS relata que os jogadores dos blaugrana ficaram com a sensação de ter disputado a "pior partida da era Valverde" e muitos assumiram ser mesmo "o pior de sempre desde que vestem a camisola do Barcelona".

"Jogámos pior do que em Anfield [aludindo à pesada derota por 4-0 na 2.ª meia final da Liga dos Campeões 2018/19]" ou "já não nos respeitam" e "tornámo-nos uma equipa que joga sem alma" foram alguns dos comentários feitos no balneário após o apito final, segundo aquele jornal espanhol. "Se em Anfield, o Barcelona cavou a sua sepultura na Europa, no Los Cármenes, a equipa esgotou o pouco crédito que ainda tinha na La Liga".

O diário espanhol explica que qualquer escorregadela dos catalães nos próximos dois jogos - diante de Villarreal e Getafe - deve ditar a demissão de Ernesto Valverde.

O nigeriano Ramon Azeez colocou o Granada a vencer aos dois minutos, na sequência do aproveitamento de um erro defensivo de Junior Firpo, e Alvaro Vadillo, aos 66, na conversão de uma grande penalidade, estabeleceu o resultado final.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.