Luka Modric foi coroado, esta segunda-feira, como o vencedor da Bola de Ouro, prémio que é atribuído pela revista France Football. O médio croata, que venceu também o prémio The Best da FIFA, explicou o caminho que o levou à conquista do galardão.

"Foi um longo e duro percurso, mas é isso que me deixa feliz. Ninguém me deu nada, tudo o que consegui foi fruto de muito trabalho", começou por dizer o jogador do Real Madrid, em entrevista à revista GQ.

"É verdade que tive de vencer muitas coisas para conquistar este prémio, como ganhar três Champions seguidas e chegar com um país tão pequeno como a Croácia à final do Mundial, algo quase inimaginável. Só aí alguém percebeu que o futebol não é só golos, golos e golos", apontou.

Modric é o primeiro croata a vencer a Bola de Ouro, destronando a dinastia 'bicéfala' de Cristiano Ronaldo e Lionel Messi que durava há mais de uma década, depois de em setembro ter vencido o prémio de 'The Best '.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.