O espanhol Joaquín Caparrós vai deixar de ser treinador do Sevilha, passando a integrar a estrutura de futebol dos andaluzes, anunciou hoje o clube da liga espanhola, esperando anunciar o sucessor nos próximos dias.

Num comunicado divulgado no sítio oficial, o Sevilha não adiantou qual será a função a desempenhar pelo técnico, de 64 anos, que orientou a equipa do sul de Espanha em 241 jogos oficiais.

A saída de Caparrós surge um dia depois de o avançado internacional português André Silva ter revelado que também não continuará no clube - ao qual estava emprestado pelos italianos do AC Milan -, que conta com o compatriota Daniel Carriço.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.