Edinson Cavani está cada vez mais só no PSG. O uruguaio ficou a perder na 'guerra' com Neymar e, apesar da aparente paz entre os dois, a verdade é que a relação já não é a mesma. Esta semana, o jornal 'L'Equipe' afirmou que Neymar e Mbappé estão a tentar isolar Cavani. Para esta teoria da conspiração, o jornal recorreu as estatísticas para mostrar que o jovem francês e o craque brasileiro não estão a ser solidários com o avançado uruguaio.

Até agora, 25 por cento dos passes de Neymar tiveram Mbappé como destinatário. Já o jovem avançado francês endereçou 31 por cento dos seus passes ao craque brasileiro. Já no que toca a Cavani, os números baixam drasticamente: apenas 0,5 por cento dos passes de Neymar são para Cavani, que recebe cinco por cento dos passes de Mbappé.

O 'L´Equipe' diz mesmo que a amizade entre entre Mbappé e Neymar deixou Cavani cada vez mais só. O uruguaio de 31 anos perdeu peso no balneário, depois das saídas de Pastore, Lo Celso e Yuri Berchiche. Face a esta situação, há gente clubes a analisar como podem beneficiar do isolamento de Cavani.

O jornal espanhol 'As' escreveu esta quinta-feira que o Atlético de Madrid está 'de olho' na situação de Cavani, que termina contrato com o clube com o Paris Saint-Germain em 2020. Esta não é a primeira vez que o emblema espanhol tenta resgatar o urugaio, mas em anos anteriores os parisienses não facilitaram a saída de Cavani, neste momento a situação pode ser diferente visto que as estrelas do PSG agora são outras.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.