A imprensa espanhola não poupou críticas à exibição do Barcelona frente ao recém-promovido Granada, no último sábado. Os catalães, recorde-se, perderam por 2-0 e Nélson Semedo foi apelidado de "um dos líderes do desastre".

O jornal 'As' escreve que o lateral português "fez outro jogo inaceitável" e que Valverde faz "chover no molhado" ao apostar no lateral luso.

"Reclamaram a titularidade indiscutível para um jogador que vinha a repartir minutos com Sergi Roberto na lateral-direita nos dois primeiros anos. Mas Semedo, em vez de crescer como jogador, encolhe-se. Depois de uma má estreia em San Mamés [primeira jornada] e de um jogo horrível em Pamplona, em Dortmund confirmou que a sua tomada de decisão é pouco consciente", pode ler-se.

"O seu jogo em Granada foi simplesmente inaceitável. Como lateral direito não chegou, uma vez mais, ao toque final de Azeez no 1-0. Esta ação podia ser justificada. A da falta que deu origem ao penálti de Arturo Vidal que terminou no 2-0 é o paradigma do seu futebol errático. (...) O Barça está num momento mau e Semedo é um jogador que anima nas subidas ao ataque, mas que tem lacunas infinitas na defesa que estão a manchar o seu prestígio. Está entre os líderes do desastre", acrescenta o jornal espanhol.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.