A transferência de Antoine Griezmann do Atlético de Madrid para o Barcelona não foi pacífica e continua a dar que falar. Depois de se ficar a saber que os catalães poderão pagar apenas uma multa de 300 euros pelas irregularidades na negociação, esta sexta-feira a imprensa espanhola revela que o francês negociou por e-mail as comissões que iria receber em torno da sua transferência para o Barça.

Segundo os dados revelados pelo 'El Mundo', a troca de emails entre as partes, a que esta publicação teve acesso, prova que Griezmann assinou em março o acordo com o Barcelona que previa o pagamento de 14 milhões de euros em comissões, que seriam para pagar os seus assessores, familiares e um mediador chave.

Esta troca de informações aconteceu sem conhecimento do Atlético Madrid, que segundo informação oficial apenas terá iniciado negociações depois de 1 de julho.

Caso o Barcelona tenha contactado Griezmann antes do final da temporada, tal como defende o Atlético de Madrid nas acusações que tem feito em público, os catalães estavam obrigados a pagar o valor da cláusula de rescisão da altura, fixada nos 200 milhões, e não os 120 milhões que ficariam válidos a partir de 1 de julho e que foi o valor pago pelos 'culés'.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.