Jonathas de Jesús foi o primeiro jogador brasileiro a acusar positivo ao novo coronavírus e o segundo da Liga Espanhola a contrair o vírus, a seguir a Garay, do Valencia. Em entrevista ao site 'Globoesporte', o atacante do Elche conta como é viver com o novo coronavíris. Jonathas, que está em quarentena e em recuperação na sua residência em Espanha, deixou um aviso a todos: este vírus não é brincadeira.

"Comecei a sentir febre, um mal-estar muito grande mas pensei que fosse apenas uma enxaqueca porque tinha muitas dores de cabeça e dor no corpo também. Mas quando amanheceu, fui conversar com o médico [César Quesada, chefe do departamento médico do clube] que me disse para fazer rapidamente o teste [do Covid-19], porque tinha todos os sintomas do vírus. E deu positivo", revelou o atacante de 31 anos.

Com a família no Brasil, Jonathas recupera sozinho em casa, onde está em isolamento desde o dia 14 de março. Já vai fazendo alguns exercícios mas, no início, foi muito difícil.

"Como estava, nem dava para treinar porque o meu corpo estava fraco. Nos três primeiros dias sofri muito. Inclusive, não tinha forças para nada. Quando fui tomar um banho, quase desmaiei. Foi uma dor muito forte, nunca senti isso. Este vírus não é brincadeira", revelou o atacante, antes de deixar um aviso a todos:

"Se eu, que sou um atleta, tinha tantas dores, imaginem uma pessoa mais velha. Por isso temos que pensar muito no Brasil, porque algumas pessoas ainda não estão conscientes da gravidade deste vírus", garantiu.

Em Espanha, há 33.089 casos positivos de Covid-19, doença que já provocou 2.182 mortos

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 324 mil pessoas em todo o mundo, das quais mais de 14.300 morreram.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Vários países adotaram medidas excecionais, incluindo o regime de quarentena e o encerramento de fronteiras.

Em Portugal, há 14 mortes e 1.600 infeções confirmadas. O país está em estado de emergência desde as 00:00 de quinta-feira e até às 23:59 de 02 de abril.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.