O Leganés anunciou, esta quinta-feira, que a Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF) não permitiu que o clube contratasse um substituto para Martin Braithwaite, que foi contratado pelo Barcelona fora da última janela de transferências.

O emblema catalão, recorde-se, contratou o dinamarquês já depois de o mercado ter fechado devido a um regulamento da Federação Espanhola, que permite uma contratação em caso de lesão grave de um jogador, neste caso, de Ousmane Dembelé.

De acordo com a nota do Leganés, a RFEF argumenta que "não existe qualquer regra que permita que um clube contrate um jogador, quando outro do plantel tenha saído do clube fora do período de transferências, depois de terem pago a sua cláusula de rescisão".

A Federação espanhola acrescenta que, ao autorizar o pedido do Leganés, poderia "desencadear uma série de transferências fora da janela de mercado, que poderia causar dano notável à integridade da competição e igualdade dos seus participantes".

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.