O presidente da Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF), Luís Rubiales, defendeu hoje a necessidade de abdicar da realização do jogo Girona-FC Barcelona em Miami (Estados Unidos), contrariando a vontade do presidente da Liga de clubes, Javier Tebas.

"É hora de os clubes espanhóis, que queriam liderar este processo, procurarem harmonia. É evidente que nenhuma instituição o apoiou. É hora de não levar isto adiante. Espero que os clubes saibam como perceber esta decisão. É um tema sentenciado”, afirmou Rubiales, num encontro na sede da Liga espanhola, em Madrid.

Em 26 de outubro, o Conselho da FIFA rejeitou a pretensão da Liga espanhola de disputar a partida nos Estados Unidos, por considerar que "os jogos oficiais devem ser jogados no território da associação respetiva".

O presidente da Liga espanhola de futebol, Javier Tebas, ameaçou depois recorrer ao Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) para permitir que o Girona-FC Barcelona se possa disputar em Miami, contra a vontade do organismo regulador do futebol mundial.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.