A mudança de Neymar do Barcelona para o Paris Saint-Germain foi a bomba no mercado de transferências no verão de 2017. Na altura, os parisienses pagaram 222 milhões de euros pelo brasileiro. Desde então, o Barcelona tem aberto os cordões à bolsa para reforçar o mercado.

Assim que se soube da saída de Neymar, os catalães colocaram-se no mercado à procura de um substituto à altura e gastaram 198 milhões de euros no francês Ousmane Dembélé e no brasileiro Paulinho. No mercado de inverno seguinte, em janeiro do ano passado, os 'culés' despenderam mais 130 milhões em Philippe Coutinho e Yerry Mina.

O Barcelona voltou a gastar milhões no mercado de transferências do passado verão. Foram 128 milhões gastos em Malcom, Arthur, Lenglet e Arturo Vidal.

Já neste mercado de inverno chegaram Murillo e Kevin-Prince Boateng, sendo que o Barcelona também já garantiu a chegada para a próxima temporada do médio holandês Frenkie De Jong, por 75 milhões de euros.

Ao todo, os 'blaugrana' já gastaram 533 milhões de euros em reforços desde a saída de Neymar para o PSG.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.