O internacional português cedido pelo AC Milan ao Sevilha está a atravessar um período menos produtivo na equipa espanhola e já não marca um golo há seis jogos consecutivos o que está a gerar desconforto na direção do clube italiano, escreve esta terça-feira o jornal Estadio Deportivo.

De acordo com a informação veiculada pelo referido diário desportivo espanhol, o AC Milan tinha a expectativa de vender o passe de André Silva ao Sevilha no final da temporada por 40 milhões de euros, mas os recentes desempenhos do avançado português de 23 anos podem fazer o emblema espanhol recuar na intenção de o contratar, algo que preocupa a direção dos 'rossoneri'.

Com um total de 11 golos até ao momento ao serviço do Sevilha, André Silva parecia bem encaminhado para uma boa temporada no futebol espanhol com vários golos no início da temporada. O rendimento do avançado português levou o Sevilha a equacionar pagar a cláusula de compra na ordem dos 40 milhões de euros, mas as recentes exibições de André Silva levou a direção sevilhana a ponderar não avançar para a sua contratação.

Segundo escreve o referido jornal, o Sevilha considera a cláusula de 40 milhões de euros por André Silva muito elevada para o rendimento que o jogador tem apresentado, e que por esse valor poderá conseguir contratar outro jogador com um perfil 'mais goleador'.

O recuo nas intenções do Sevilha em contratar André Silva deixou o AC Milan 'preocupado' uma vez que o clube italiano já contava com o alegado interesse do emblema espanhol em accionar a cláusula de opção fixada nos 40 milhões de euros de forma a canalizar depois esse dinheiro na contratação de outro jogador.

Recorde-se que o último golo de André Silva no Sevilha foi apontado a 26 de janeiro na goleada sobre o Levante por 5-0.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.