SAPO Desporto

Estado Terminado Tempo extra + 0'

1 - 1

Ao minuto

  •  
    92'
     
    Terminou. Cabo Verde e Gabão empatam a uma bola, em jogo amigável.
  •  
    90'
     
    Vão-se jogar mais dois minutos.
  •  
    87'
     
    Outra vez Cabo Verde perto do golo. Babanco, na esquerda, remata cruzado, com Brito a chegar um tudo ou nada atrasado.
  •  
    86'
     
    Que perdida de Garry!!! Falhanço incrível do número 15 cabo-verdiano, que, à boca da baliza, não consegue desviar um cruzamento resteiro de Rambé.
  •  
    83'
     
    Marco Soares perto do golo. Remate potente do médio, que está a ser um dos melhores em campo, mas a bola sai um pouco ao lado.
  •  
    77'
     
    Mais uma perdida para Cabo Verde. Marco Soares faz um passe milimétrico para Brito, que entra na área em velocidade pelo lado direito mas o seu remate sai ao lado. Contra a Tunísia, estas têm de entrar, dê por onde der.
  •  
    70'
     
    Na formação cabo-verdiana, mais uma mexida, com a entrada de Rambé para o lugar de Calú. Lúcio desfaz o quarteto do meio-campo.
  •  
    70'
     
    No Gabão sai Madinda e entra Duval NZembi.
  •  
    70'
  •  
    67'
     
    Entra Tandjigora e sai Engonga no Gabão.
  •  
    65'
     
    Monumental jogada de Babanco pela direita, a passar por vários defesas, a entrar na área e rematar para golo, negado por um defesa que fez o carrinho e tirou a bola de cima da linha de baliza.
  •  
    64'
     
    Com as mexidas operadas, Cabo Verde passou a jogar em 4-4-2, com Garry e Brito na frente, Babanco a "dez", à frente de Toni Varela, Marco Soares e Calú.
  •  
    63'
     
    Sai Cousin e entra Do Marcolino na formação de Paulo Duarte.
  •  
    63'
     
    Ovono nega o golo a Garry. O médio atira a baliza mas o guarda-redes do Gabão faz uma excelente defesa.
  •  
    63'
     
    Entra Peck´s e sai Gegé nos Tubarões Azuis
  •  
    63'
  •  
    61'
     
    Sai Zue Junior e entra Mouele na formação gabonesa.
  •  
    60'
     
    Magistral jogada de Garry pela esquerda, a deixar um contrário pelo caminho e a cruzar resteiro mas ninguém chega para empurrar para o golo.
  •  
    59'
  •  
    59'
     
    Entram Brito e Toni Varela para os lugares de Heldon e Platini na seleção cabo-verdiana
  • 58'
     
  •  
    55'
     
    A batucada está de volta às bancadas, onde os cabo-verdianos vão fazendo a festa, apesar do empate.
  •  
    54'
     
    Grande jogada de entendimento atacante da formação crioula, com Heldon a tentar colocar em Platini mas a bola é cortada por um contrário.
  • 53'
     
    Golo do Gabão! Bruno Manga empata a partida, desviando de cabeça um canto marcado na direita. Saltou sozinho, sem oposição.
  •  
    50'
     
    A batucada parou, o ambiente "arrefeceu" um bocado nas bancadas. Bancadas essas que devem ter quatro mil pessoas.
  •  
    48'
     
    Garry entra com muita vontade de mostrar serviço.
  •  
    47'
     
    Heldon tenta colocar a bola no coração da área para Babanco mas chega um defesa gabonês e corta para fora.
  • ND
    ND
    46'
     
  •  
    46'
  •  
    46'
     
    No Gabão, também dupla mexida, com as entradas de Sokambi e N´Doumbou para os lugares de Willy Aubameyang e Boucka.
  •  
    46'
     
    Dupla substituição na seleção de Cabo Verde. Entram Garry Rodrigues e Stopira para os lugares de Nivaldo e Djaniny.
  •  
    45'
     
    Intervalo no Compexo Desportivo do Real Sport Clube. Cabo Verde vai para o descanso a vencer por 1-0, golo de Heldon mas já poderia estar a golear, se Djaniny tivesse aproveitado metade das oportunidades que já teve. Cabo Verde domina o jogo.
  •  
    42'
     
    Garry Rodrigues está em exercícios de aquecimento e tudo indica que vai entrar ao intervalo.
  •  
    40'
  •  
    37'
     
    Mais uma perdida de Djaniny. Marco Soares fez um grande passe para Djaniny que volta a perder com Ovono no um-contra-um. O avançado do Nacional rematou contra o contra o guarda-redes. É o terceiro golo que Djaniny falha.
  •  
    33'
     
    O Gabão quase que empatava. Depois de vários ressaltos na área e alguma cerimónia da defensiva crioula em afastar a bola, é Varela que evita o golo, dando o corpo ao manifesto.
  •  
    25'
     
    Mesmo já estando decorridos 25 minutos, continuam a entrar gente no estádio. Como já não há lugares, as pessoas vão acantonando-se na perto da rede de proteção, que separa o relvado das bancadas.
  •  
    25'
     
    Remate de muito longe de Marco Soares, com a bola a sair muito ao lado.
  •  
    22'
    Golo de Cabo Verde! Heldon inaugura o marcador, depois de aproveitar uma perda de bola da defensiva gabonesa. O número dez crioulo correu pela esquerda, entrou na área e atirou a contar.
  •  
    19'
     
    Na sequência do livre, o Gabão quase que marcava mas o cabeceamento de um dos centrais saiu ao lado do poste da baliza defendida por Vozinha.
  •  
    19'
     
    Carlitos perde na velocidade para um contrário e é obrigado a recorrer a falta. Olegário Benguerença, árbitro da partida, avisa que é a última vez que tolera este tipo de ações.
  •  
    17'
     
    Ovono tenta recriar-se com a bola e quase a perdia para Heldon.
  •  
    15'
     
    Do lado cabo-verdiano, Calú é o homem mais recuado no meio-campo.
  •  
    14'
     
    Livre apra Cabo Verde., com Babanco a cruzar para as mãos do guarda-redes Ovono.
  •  
    10'
     
    Nova perdida de Djaniny. Agora foi Nivaldo a cruzar mas o avançado do Nacional, solto na área, atira de cabeça, ao poste. Só dá Cabo Verde.
  •  
    6'
     
    Djaniny falha um golo certo. Passe milimétrico de Babanco na esquerda, o avançado do Olhanense aparece isolado, tenta tirar o guarda-redes do caminho mas este consegue afastar a bola com uma palmada
  •  
    5'
     
    A batucada chegou ao estádio para animar os três mil adeptos que lotam por completo o recinto.
  •  
    1'
     
    Começou a partida
  •  
    1'
     
    Cruzamento na esquerda de Heldon par Djaniny que atira ao lado
  •  
     
    Um dos jogadores que entrou na formação de Paulo Duarte é um...chinês. Alexander Ndoumbou entrou ao intervalo. O nome e gabonês mas a cara não engana. toda ela asiática.
  •  
     
    Do lado do Gabão, destaque para Daniel Cousin, veterano jogador que já brilhou em Inglaterra mas que agora joga no seu país. A idade não perdoa e o número dez ostenta uns quilos a mais.
  •  
     
    Cabo Verde joga com: Vozinha; Carlitos, Fernando Varela, Gegé e Nivaldo; Calú, Babanco e Marco Soares; Heldon, Platini e Djaniny.
  •  
     
    Do lado de Cabo Verde, destaque para a titularidade de Calú no meio campo, ao lado de Babanco e Marco Soares.
  •  
     
    Casa cheia no Complexo Desportivo do Real Sport Clube em Massamá. Muitos cabo-verdianos nas bancadas.
  •  
     
    Sobre o jogo com a Tunísia, marcado para setembro, Marco Soares lembrou o percurso de Cabo Verde para afirmar que a seleção vai a Túnis para ganhar.
  •  
     
    Do lado do Gabão a grande ausência é Pierre-Emerick Aubameyang, estrela da equipa, que está época transferiu-se para o Borussia Dortmund.
  •  
     
    Todos os jogadores estão aptos a jogar.
  •  
     
    A seleção cabo-verdiana voltou a escolher a Academia do Sporting como local de estágio, onde realizou dois treinos, todos as 17h locais.
  •  
     
    Do lado de Cabo Verde, Ponk é um dos ausentes. O médio do Mindelense foi convocado pela primeira vez para representar os Tubarões Azuis mas não compareceu na concentração da equipa em Alcochete, Portugal.
  •  
     
    Já Cabo Verde tem nove pontos em cinco jogos no grupo B, frutos de três vitórias e duas derrotas. Os Tubarões Azuis marcaram nove golos e sofreram quatro.
  •  
     
    O Gabão de Paulo Duarte, é terceiro no Grupo E com sete pontos, frutos de duas vitórias, um empate e duas derrotas. As Panteras, nome como é conhecido a seleção de futebol do Gabão, marcaram e sofreram o mesmo número de golos: cinco.
  •  
     
    Em sentido contrário, destaca-se a estreia de Garry Rodrigues, médio esquerdo de 22 anos que joga no Levski de Sofia e que está a ser seguido pelo Sporting de Portugal.
  •  
     
    Para este encontro, Lúcio Antunes não poderá contar com Kay, Júlio Tavares e Ryan Mendes, todos lesionados. Os jogadores tinham sido convocados mas acabaram por ser dispensados.
  •  
     
    Os primeiros classificados dos dez grupos africanos vão jogar um play-off, disputado a duas mãos, onde se vai encontrar os cinco representantes do continente afriacano no Mundial 2014, no Brasil.
  •  
     
    Já a seleção de Cabo Verde está no segundo lugar do grupo B, com nove pontos, menos dois que a Tunísia. Na última jornada, a formação tunisia recebe os Tubarõs Azuis em casa. Só a vitória interessa a Cabo Verde.
  •  
     
    O Gabão é terceiro classificado do grupo E com sete pontos e já não tem possibilidades de chegar ao primeiro posto, ocupado pelo Congo com dez pontos mas que leva vantagem no confronto direito com o Gabão.
  •  
     
    Ambas as seleções estão a preparar os jogos do apuramento africano ao Mundial 2014, que terão lugar em setembro.
  •  
     
    Cabo Verde e Gabão jogam a partir das 18h30 de Lisboa, uma partida amigável.

Estatísticas

  • 1
    1
    Golos
  • 0
    0
    Remates à baliza
  • 0
    0
    Posse de bola
  • 0
    0
    Ataques perigosos
  • 0
    0
    Ataques
  • 0
    0
    Remates ao poste
  • 0
    0
    Remates
  • 0
    0
    Defesas
  • 0
    0
    Cantos
  • 0
    0
    Pontapés de baliza
  • 0
    0
    Foras de jogo
  • 0
    0
    Faltas
  • 1
    1
    Cartões amarelos
  • 0
    0
    Cartões duplos amarelos
  • 0
    0
    Cartões vermelhos

Histórico

  • 0
    0
    Vitórias
  • 1 empates
  • 1
    1
    Golos
  • 1
    1
    Cartões amarelos
  • 0
    0
    Cartões duplos amarelos
  • 0
    0
    Cartões vermelhos

Siga o jogo

Receba neste dispositivo as notificações dos principais eventos do jogo.

Comentários

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos ao seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.