O Arsenal falhou na terça-feira o pleno de triunfos na Internacional Champions Cup em futebol, ao perder por 3-2 com o Real Madrid, no desempate por grandes penalidades, após 2-2 nos 90 minutos.

Em Landover, os ‘gunners’, que haviam vencido Bayern Munique (2-1) e Fiorentina (3-0), estiveram a ganhar por 2-0 e a jogar perante 10 jogadores, mas ‘deixaram-se’ empatar, primeiro no número de jogadores em campo e depois no marcador.

Alexandre Lacazette, aos 10 minutos, de grande penalidade, depois de Nacho colocar a mão na bola e ver o segundo amarelo, aos nove, e o gabonês Pierre-Emerick Aumameyang, aos 24, servido pelo calcanhar do francês, apontaram os tentos dos ‘gunners’.

Aos 40 minutos, o grego Sokratis Papastathopoulos viu o segundo amarelo e também foi expulso e, na segunda parte, no 10 contra 10, o Real Madrid restabeleceu à igualdade.

O galês Gareth Bale reduziu, aos 56 minutos, naquele que poderá ter sido o seu último golo pelos ‘merengues’, e Marco Asensio apontou o segundo dos espanhóis, aos 59, antes de se lesionar, com aparente gravidade, e sair de maca, aos 65.

Até final, o marcador não mais funcionou e tudo se resolveu nos penáltis, com o Real Madrid a acertar três, depois de Bale falhar, e o Arsenal a concretizar apenas dois dos cinco tentados.

No primeiro jogo na prova, os ‘merengues’ tinham perdido por 3-1 com o Bayern Munique.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.