O Clube Desportivo da Huíla (CDH) pode atingir a liderança do Girabola2018/19, pela terceira vez, à condição, caso vença sábado o Sporting de Cabinda, em jogo da 13ª jornada, a disputar-se no estádio do Tafe.

Segunda colocada com 22 pontos, os “militares” da frente sul podem chegar aos 25/p, contra 23/p do actual líder 1.º de Agosto, que joga apenas domingo, com o FC Bravos do Maquís, no estádio Mundunduleno.

Numa segunda reflexão, a formação da Huíla pode liderar pela primeira vez a prova (sem condicionalismo) no caso da similar de Luanda empatar ou perder.

A equipa huilana já foi primeira classificada à condição na 9.ª e 10.ª jornadas, mas ultrapassada tão logo pelos agostinos.

O GDH vem de uma vitória sobre o Saurimo FC (2-1), enquanto o adversário vem de um empate nulo, em casa do Interclube.

Nos últimos dois confrontos entre si, na época passada, o Desportivo da Huíla e Sporting de Cabinda obtiveram uma vitória cada (1-0).

Sábado:

Sagrada Esperança - Kabuscorp do Palanca (15 h, estádio Sagrada Esperança)

Sporting de Cabinda- Desportivo da Huíla (15 h, estádio do Tafe)

Saurimo FC- ASA (15 h, campo das Mangueiras)

Recreativo do Libolo - Académica do Libolo (15h, estádio Patrice Luvumba)

Domingo

FC Bravos do Maquis - 1º de Agosto (15 h, estádio Mundunduleno)

Recreativo da Caála - Interclube (15 h, Estádio Mártires da Canhada)

Cuando Cubango FC - Progresso do Sambizanga (15 h, campo dos Eucaliptos)

Dia 23

O Petro de Luanda - Santa Rita da Cássia do Uíge (16 h, 11 de Novembro)

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.