Wayne Rooney está prestes a fechar o capítulo do futebol de seleções na sua carreira de futebolista. O internacional inglês que realiza esta quinta-feira o último jogo com a camisola da equipa dos 'três leões' confessou que gostaria de pendurar as botas no Manchester United, cenário que está longe de acontecer.

"A situação ideal era ficar no Manchester United. Queria ter acabado a carreira ali, mas o futebol muda. Acontecem coisas diferentes. Não estava a jogar e sempre fui um jogador que quer jogar. Falei com o treinador [José Mourinho] e percebi que não ia jogar, por isso sair foi a decisão certa", atirou o inglês, que deverá terminar a carreira no DC United, da MLS.

Apesar de estar feliz no emblema norte-americano, Rooney sublinhou que sente saudades da Premier League e de Old Trafford.

"Claro que sim. Jogar pelo Manchester United foi o ponto alto da minha carreira", confessou o futebolista de 33 anos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.