Sem clube desde que deixou o Mónaco em outubro, Leonardo Jardim pode estar a caminho da Arábia Saudita para comando o Al-Nassr, segundo classificado da liga saudita, atrás apenas do Al-Hilal comandado por Jorge Jesus.

Segundo o jornal 'O Jogo', Jardim assistiu este domingo à partida entre o Al-Nassr e o Al-Wehda na bancada presidencial do Estádio Príncipe Faisal.

Leonardo Jardim viajou até à Arábia Saudita num jato privado para negociar com a direção do clube e terá ainda aproveitado para conhecer as instalações do Al-Nassr antes de tomar uma decisão em relação à proposta do emblema saudita.

O treinador português deve regressar esta segunda-feira, apesar de ainda não ter tomado uma decisão. O Al-Nassr está sem técnico desde que despediu Daniel Carreño e é atualmente comandado por Hélder Cristóvão como treinador interino.

Caso aceite a proposta do Al-Nassr, Leonardo Jardim torna-se o terceiro treinador português na liga saudita, juntando-se assim a Jorge Jesus, que comando o Al-Hilal, e Pedro Emanuel, técnico do Al-Taawon.

Além da proposta saudita, Jardim foi já apontado ao Southampton, ao Spartak de Moscovo, além de ter sido também ligado ao Benfica e Sporting - antes dos clubes portugueses terem decidido manter Rui Vitória e contratar Marcel Keizer, respetivamente.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.