Kaká, antigo companheiro de Ronaldinho na seleção brasileira, não esconde a tristeza pelo momento conturbado que o ex-jogador do Barcelona atravessa. Ronaldinho, recorde-se, encontra-se preso no Paraguai, onde foi detido no início do mês por alegada falsificação de documentos.

"É muito triste ver esta situação do Ronaldinho. É claro que nós não temos todas as informações para podermos falar no que aconteceu e grande parte do que sabemos é aquilo que a imprensa noticia. Mas para nós, jogadores que convivemos com ele nas nossas carreiras e que temos essa relação de amizade, de conquistas juntos, é muito triste ver o Ronaldinho passar por esta situação", admitiu o antigo médio do AC Milan ao programa jogo 'Jogo Aberto', da Rede Bandeirantes.

"As minhas orações e os meus pensamentos são para que isto se resolva da melhor maneira e o mais rápido possível, para que ele possa sair desta situação e que possamos vê-lo como sempre vimos e gostamos de ver, a sorrir, a jogar à bola, a  brincar e a divertir-se", disse.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.