O ex-futebolista e atual treinador Jordi Cruyff, filho de Johan Cruyff, é o novo selecionador do Equador, com o objetivo de qualificar a equipa para o Mundial de 2022, no Qatar.

“É um prazer estar aqui. O entusiasmo após a minha chegada aqui foi impressionante”, disse o antigo internacional holandês do FC Barcelona e do Manchester United, durante a sua apresentação como treinador do Equador.

Jordi Cruyff, de 45 anos, adiantou que a adaptação será rápida e que a sua equipa está preparada para o desafio que tem pela frente, com “jogos difíceis”, mas que é essa “a beleza” do trabalho.

Cruyff sucede na seleção ao colombiano Hernán Darío Gómez, despedido após a eliminação do Equador na fase de grupos da Copa América, em junho do último ano, no Brasil.

O Equador inicia a qualificação para o Mundial2022 com uma visita à Argentina, em 26 de março, na primeira jornada de apuramento na zona sul-americana (CONMEBOL).

Na sua carreira de treinador, Jordi Cruyff esteve nos israelitas do Maccabi Telavive e nos chineses do Chongqing Dangdai, e como jogador no FC Barcelona, Manchester United, Celta de Vigo, Alavés, Espanyol, Metalurg Donetsk e Valleta FC.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.