A FIFA e a Confederação Africana de Futebol (CAF) assinaram hoje um acordo “sem precedentes”, após o qual o organismo que tutela a modalidade a nível internacional vai passar a auditar as finanças da CAF.

“Hoje, em Assembleia Geral da CAF celebrada no Cairo, as duas organizações assinaram um protocolo que define um roteiro, no qual a FIFA colocará a sua experiência e saber para fazer melhorar a situação atual da CAF e ajudar a acelerar os processos de reforma em marcha”, informou a FIFA em comunicado.

Com estas medidas, a FIFA pretende reformar a administração financeira da CAF, melhorar o formato das competições e desenvolver as oportunidades comerciais do futebol africano.

No aspeto financeiro, a FIFA levará a cabo uma auditoria geral à administração e aos processos internos para assegurar a transparência das finanças da CAF, ao mesmo tempo que vai tentar melhorar a eficiência e a imparcialidade dos órgãos judiciais daquele organismo.

“Isso vai ajudar às reformas no futebol africano e ajudá-lo a seguir em frente”, disse o presidente da CAF, Ahmad Ahmad, na sua conta oficial na rede social Twitter, após a conclusão do protocolo.

Em 20 de junho último, um dia antes do início da Taça das Nações Africanas (CAN), a FIFA anunciou, no meio de alegações de corrupção na CAF, que iria assumir o controlo desta em meados de agosto.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.