O futebolista internacional sérvio Aleksandar Prijovic foi detido e pode ter de cumprir pena de prisão por violar o horário de recolhimento imposto no país, como forma de conter a pandemia da COVID-19.

Segundo a polícia de Belgrado, o atleta foi apanhado em convívio com outras 19 pessoas num hotel da capital, desrespeitando o estado de emergência que obriga ao recolhimento entre as 17:00 e as 05:00 da manhã seguinte.

O avançado de 29 anos, que joga nos sauditas do Al Attihad, é o segundo internacional sérvio a violar o estado de confinamento obrigatório imposto no país dos Balcãs, após Luka Jovic.

Em março, o futebolista do Real Madrid deixou a capital espanhola e viajou para Belgrado para participar na festa de aniversário da sua namorada.

Aos prevaricadores, a Sérvia impôs como punição multas pesadas e penas que podem ir até três anos de prisão.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da COVID-19, já infetou mais de um milhão de pessoas em todo o mundo, das quais quase 60 mil morreram. Dos casos de infeção, mais de 211 mil são considerados curados.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.