A CONCACAF, organismo que gere o futebol na América do Norte, Central e Caraíbas, anunciou hoje a limitação da qualificação para o campeonato do mundo às seis melhores seleções, alterando o torneio em prática desde 1998.

Segundo o novo formato de qualificação, as fases iniciais são retiradas e um torneio hexagonal, com as seis equipas mais bem classificadas no ranking da FIFA, terá lugar para decidir a passagem.

A medida reduz significativamente o número de encontros, de 16 a 18 para 10, pelo menos no caso das equipas que cheguem mais longe, e neste ponto abrangeria o México (18.º no ‘ranking’ FIFA), os Estados Unidos (30.º), a Costa Rica (39.º), a Jamaica (54.º), as Honduras (61.º) e El Salvador (69.º), deixando de fora o Panamá, que se estreou no Mundial2018 em fases finais e é 75.º.

As equipas vão jogar 10 jogos para decidir quem são as três equipas apuradas, sendo que o quarto melhor do hexagonal vai jogar com o vencedor de um ‘play-off’ continental, para decidir quem defronta uma seleção de outra região numa eliminatória a duas mãos para entrar no Mundial2022, no Qatar.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.