O jogo entre Standard Liège e Anderlecht, do campeonato belga de futebol, foi hoje suspenso à passagem da meia-hora, devido ao comportamento incorreto e recorrente dos adeptos do emblema de Bruxelas.

No estádio Maurice Dufrasne, em Liège, o clássico relativo à quarta jornada do grupo de apuramento do campeão foi interrompido aos 30 minutos, pouco depois de Paul-Jose Mpoku ter feito o segundo tento do Standard Liège (2-0), de grande penalidade, depois de um lance em que Kara Mbodji, do Anderlecht, foi expulso.

Nesse momento, os adeptos do Anderlecht voltaram a arremessar tochas na direção do relvado, para junto da baliza do guarda-redes do Standard Liège, Guillermo Ochoa, o que levou o árbitro Erik Lambrechts a suspender definitivamente o encontro.

Antes, os mesmos adeptos já tinham obrigado à interrupção do jogo em duas ocasiões: nos instantes iniciais, quando o Standard marcou um golo, da autoria de Alen Halilovic, mas que até foi anulado pela equipa de arbitragem, e pouco depois de Razvan Marin ter inaugurado o marcador a favor da equipa comandada por Michel Preud’Homme, aos 22 minutos.

A formação de Bruxelas vem de três derrotas seguidas no campeonato e ocupa o quinto lugar, estando em risco de nem sequer participar nas competições europeias da próxima temporada. Já o Standard Liège é terceiro colocado, atrás de Genk e Club Brugge, primeiro e segundo, respetivamente.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.