Fabio Capello, histórico treinador italiano, está no centro da polémica em Itália. Tudo porque elegeu aqueles que para si foram os maiores génios da história do futebol, excluindo desta lista Cristiano Ronaldo, ele que é reconhecido como sendo um grande apoiante da Juventus.

"Ronaldo é um extraordinário futebolista, mas Messi é um génio. Na história do futebol, só existiram três génios da bola: Pelé, Maradona e Messi. Ronaldo é muito forte, ajuda as equipas onde está a ganhar tudo, mas Messi é um génio e muito mais", começou por dizer Capello em declarações à Sky Sports, onde atualmente é comentador.

"Obviamente, este é apenas o meu pensamento. Maradona e Messi não só conseguiram pensar em jogadas brilhantes como também conseguiram pô-las em prática. Juntamente com Pelé, foram e continuam a ser jogadores únicos e impressionantes", explicou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.